D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

 

A abdicação de D. Pedro I, imperador do Brasil.
Óleo sobre tela. Aurélio de Figueiredo. 1911.
7 de Abril
D. Pedro I abdica da Coroa Imperial em favor do seu filho, D. Pedro II, e adopta o título de Duque de Bragança
A imagem do Imperador  vê-se gradualmente comprometida no Brasil. A endividada situação financeira e as querelas entre Lusos e Brasileiros são responsáveis por uma sequência de ministérios instáveis e levam-no abdicar no filho D. Pedro II (1831), então com cinco anos: Os nascidos no Brasil não querem mais saber de mim porque sou Português, meu filho tem sobre mim a vantagem de ser Brasileiro.

A abdicação do Imperador é publicada no nº 145 da Gazeta de Lisboa, 22 de Junho de 1831, edição de 4ª feira:

Abdicação do Imperador.

Usando do Direito que a Constituição me Concede, Declaro, que Hei mui voluntariamente Abdicado na Pessoa do Meu muito Amado e Prezado Filho, o Senhor D. Pedro de Alcantara.

Boa Vista, sete de Abril de mil outocentos e trinta e um, décimo da Independencia, e do Imperio. = Pedro

Hemeroteca Municipal de Lisboa


Multimédia
Gazeta de Lisboa 22 de Junho de 1831 - 1
Gazeta de Lisboa 22 de Junho de 1831 - 2