D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

 

D. Carlota Joaquina de Bourbon, Rainha de Portugal.
Óleo sobre tela, pormenor. João Baptista Ribeiro. 1824.
Palácio Nacional de Queluz | © DGPC/ADF
7 de Janeiro
Morre no Real Paço Queluz, D. Carlota Joaquina, mãe de D. Pedro IV e de D. Miguel.
O seu corpo é colocado em câmara ardente na Sala do Trono, onde é velado.

A notícia das cerimónias que se realizaram pela morte da Rainha é dada pelo nº 13 da Gazeta de Lisboa, 15 de Janeiro de 1830, edição de 6 º feira:

Lisboa, 14 de Janeiro.
Domingo, 10 do corrente, estando colocado em huma das pincipaes Sallas do Palacio de Quelluz, armada com toda a fúnebre pompa, o Corpo da Augusta Senhora Imperatriz Rainha, Mãi do nosso Amabilissimo Soberano, em o caixão sobre a tarima, e ditas as Missas de Corpo presente nos Altares a isso destinados, se celebrou a solemne Missa e Officio de Defunctos, com a assistência do Eminentissimo Senhor Cardeal Patriarca, sendo celebrante o Excellentissimo e Reverendisimo Principal Freire
Hemeroteca Municipal de Lisboa

Multimédia
Gazeta de Lisboa 15 de Janeiro de 1830 - 1
Gazeta de Lisboa 15 de Janeiro de 1830 - 2
Gazeta de Lisboa 15 de Janeiro de 1830 - 3