D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

D. PEDRO

D'ALCÂNTARA E BRAGANÇA

Imperador do Brasil - Rei de Portugal

 

Sua Alteza Real o Serenissimo Senhor Infante D. Miguel Regente.
Quadro bordado a seda, século XIX.
Palácio Nacional de Queluz | © PSML
13 de Março
D. Miguel dissolve a Câmara dos Deputados
A notícia é dada pelo Suplemento ao nº 66 da Gazeta de Lisboa, 17 de Março de 1828, edição de 2ª feira:

PARTE OFFICIAL.

Ministerio dos Negocios do Reino.

Sendo actualmente impraticavel a imediata convocação de Camara de Deputados, que substitua a que Fui Servido Dissolver por Decreto da data de hoje, por isso que se não acha feita a Lei Regulamentar sobre as eleições, e que as Disposições mandadas observar por Decreto de 7 de Agosto de 1826 são reconhecidamente defeituosas, como a prática provou: Hei por bem, em Nome dÉlRei, Derogar  o referido Decreto de 7 de Agosto de 1826, e Mandar imediatamente proceder á organização de novas Instrucções (…)

Palacio de Nossa Senhora d’Ajuda, em 13 de Março de 1828.= Com a Rubrica do Serenissimo Senhor INFANTE REGENTE.= José Antonio d’Oliveira Leite de Barros.

Hemeroteca Municipal de Lisboa


Multimédia
Gazeta de Lisboa 17 de Março de 1828